O setor do transporte ferroviário é um dos mais dinâmicos devido aos investimentos públicos em atuações encaminhadas ao incremento da velocidade, duplicação de via, desnivelamento das passagens de nível, renovações e melhoria de infra-estruturas, e sobretudo as novas linhas de alta velocidade e o aumento das linhas metropolitanas nas grandes cidades.

A RRC teve ao longo da sua história numerosas obras de caráter ferroviário, nas suas várias modalidades, desde a linha ferroviária ao metropolitano, os novos metros de superfície, incluindo a manutenção e renovação de linhas existentes e a construção de novas estações e apeadeiros.

Principais referências

Linhas Ferroviárias

  • Linha do Minho - Duplicação e electrificação do troço Lousado - Nine, Famalicão
  • Remodelação do Apeadeiro de Canelas, Aveiro
  • Construção do novo Apeadeiro de Salreu, Aveiro
  • Modernização da Linha da Beira Baixa – Troço Castelo Branco/ Vale de Prazeres
  • Remodelação de Estações e Passagens Desniveladas de Alcains, Lardosa e Castelo Novo
  • Novo Apeadeiro Ferroviário da Reboleira e quadruplicação da via, Amadora
  • Construção da passagem inferior da Avenida dos Missionários, Cacem

Linhas Metropolitanas

  • Linha Vermelha Alameda - Expo, Lisboa
  • Estação das Antas do metro do Porto
  • Toscos da Estação do Lumiar da Linha Amarela, do Metropolitano de Lisboa
  • Toscos da Estação de Alfornelos da linha Azul, do Metropolitano de Lisboa. 

Veja mais referências

Fotos