Filtro de procura
Voltar

Conservação corrente do Distrito de Setúbal

04/02/2014

Conservação corrente do Distrito de Setúbal

A EP - Estradas de Portugal, S.A. adjudicou ao consórcio liderado pela RRC a empreitada de Conservação corrente do Distrito de Setúbal pelo valor de 6.443.964,00€.

Conservação corrente do Distrito de Setúbal

A empreitada, com previsão de inicio em Abril de 2014, terá um prazo de 1095 dias e inclui os trabalhos de conservação de pavimentos; regularização e limpeza de bermas e valetas, passeios, intersecções, ilhéus, separadores, áreas de repouso e outras zonas de paragem; limpeza, conservação, reconstrução e construção de órgãos de drenagem; manutenção e estabilização de taludes, conservação da rede de vedação; conservação de obras de arte e túneis, atividades ambientais, atividades de segurança; obras de contenção; inventários e outras atividades.

A extensão total da Rede de Estradas objeto do contrato é de 922 km e integra 286 Obras de Arte. Nas estradas objeto deste contrato destacam-se o itinerário principal IP8, os itinerários complementares IC1, IC4 e IC33, as estradas nacionais EN4, EN10, EN118, entre outras, várias estradas regionais e várias estradas a municipalizar.

Esta empreitada, em conjunto com a Conservação do distrito de Lisboa também adjudicada este mês, vem engrossar o leque de obras de conservação que constituem o portfolio da RRC e que são demonstrativo da sua experiência nesta área. Á RRC junta-se a Matinsa, também do grupo FCC Construcción, cuja vasta experiencia neste tipo de empreitadas remonta a 1992.