Filtro de procura
Voltar

Adjudicada pelo consórcio AUTOESTRADAS XXI a construção da Auto-Estrada Transmontana

30/12/2008

Adjudicada pelo consórcio AUTOESTRADAS XXI a construção da Auto-Estrada Transmontana

O Cliente será o Consórcio AUTOESTRADAS XXI, formado conjuntamente pela Globalvía Infraestructuras com a empresa portuguesa Soares da Costa, Concessões, SGPS, SA, o qual foi nomeado pelo EP - Estradas de Portugal, S.A., adjudicatário da Concessão da Auto-estrada Transmontana IP4, dentro do eixo europeu que comunica o Porto com o noroeste de Portugal e tem um investimento aproximado de 706,5MM€. O projecto irá supor uma melhoria nas ligações do nordeste de Portugal com Espanha.

Compreende a construção, durante 32 meses, e a exploração, durante 30 anos, da auto-estrada entre Vila Real e Bragança, com um total de 194Km. A concessão compreende 32 km de nova construção, 106Km de desdobramento e 56Km de estradas já existentes.

A velocidade projectada da nova estrada é de 120Km/h, apesar de que devido à orografia complicada desta região de Portugal, haver alguns troços em que se teve de adoptar uns valores menores. As ligações da actual IP4 serão redimensionadas de forma a adequa-las à nova infraestrutura. No total serão dimensionadas 24 ligações.

Dos 20 novos viadutos a construir, haverá que destacar:

  • O Viaduto do Corgo com 2.780m de comprimento e com uma altura máxima de 230m, desenvolver-se-á ao sul de Vila Real, evitando 3 estradas nacionais e municipais, a linha férrea do Corgo bem como uma série de edificações existentes.
  • A Ponte sobre o Rio Tinhela com um comprimento de 780m e com uma altura máxima de 220m.
  • O troço da IP4 a adaptar inclui o atravessamento da Serra do Marão, zona em que o traçado se desenvolve com fortes pendentes e de difícil implantação, permitindo reduzir a actual sinistralidade existente.

Esta nova auto-estrada, que se desenvolverá paralelamente ao corredor actual da IP4, é parte integrante do programa das novas concessões, que está constituído por 7 pacotes de auto-estradas, que somam um total de 1.500Km de estradas e 3.000 milhões de euros de novos investimentos, lançados pelo Governo Português em 2008. A Auto-estrada Transmontana é a primeira a ser adjudicada.

Nas circunvalações a Vila Real e Bragança será implantada uma portagem ao usuário tipo free-flow num percurso total de 14Km. O concessionário fará a gestão de cobrança mas entregará o recebido ao concedente. Globalvía recuperará o investimento perante um sistema misto de cobrança de “portagem sombra” e portagem por disponibilidade aos usuários.