Filtro de procura
Voltar

RRC promove visita tecnica à barragem Ribeiradio-Ermida

21/11/2012

RRC promove visita tecnica à barragem Ribeiradio-Ermida

Integrada num plano de visitas técnicas desenvolvidas e promovidas pela Direção de Construção da RRC, realizou-se no passado mês de outubro, uma visita dos técnicos da empresa à obra de construção do aproveitamento hidroelétrico de Ribeiradio – Ermida.

A referida obra, localizada entre os distritos de Aveiro e Viseu, divide-se em três grandes grupos: barragem de Ribeiradio, barragem de Ermida e acessos às barragens.

RRC promove visita tecnica à barragem Ribeiradio-Ermida

Ribeiradio:

Barragem de betão, de diretriz circular, com 262m no coroamento e altura máxima 74m, com descarregador formado por 3 vãos de 13x13m de comprimento com comportas tipo segmento (TAINTOR) e descarga de fundo de diâmetro 2,5m. A Central Hidroelétrica, construída em poço, com um único gerador, alimentada mediante um circuito hidráulico subterrâneo (tomada de agua, galeria de adução com 205m e 5,5m de diâmetro e restituição). Inclui acesos para a central e o edifício para o Posto de Observação e Controlo, perfazendo um total de 1,6km.

Destacam-se as principais características:

  • 300.000m3 betão hidráulico no corpo da barragem;
  • Larguras de coroamento = 9m e da base da barragem = 55m
  • Juntas a cada 17m
  • Descarregador central
  • Tratamentos de consolidação de terreno
  • Desvios do rio coordenados com o plano de betonagem do corpo da barragem

Ermida:

Barragem de betão, de diretriz reta, com 175,1m no coroamento e altura máxima 35m. A Central será equipada com dois geradores alimentados por circuitos hidráulicos independentes que atravessam o corpo da barragem. Inclui os acessos para a central e a margem direita desde a estrada EM569.

Destacam-se as principais características:

  • 75.000m3 betão no corpo da barragem
  • Larguras de coroamento = 4m e da base da barragem = 26,65m
  • Descarregador central
  • Juntas a cada 16,4m

Acesos à barragem de Ribeiradio e restabelecimento das principais vias de acesso: 

Os acessos à barragem de Ribeiradio desenvolvem-se em 1.340m pela margem direita e 1.000m pela margem esquerda com uma pendente média de 10%, com traçado de montanha.

O restabelecimento da estrada EM569, na margem direita da barragem de Ermida, terá cerca de 2,35km e inclui a construção da Ponte sobre a Ribeira de Salgueira.

GESTÃO AMBIENTAL

Por se tratar de uma obra de grande impacte na comunidade, procedeu-se à implementação de um conjunto de medidas com o objetivo de minimizar e monitorizar com regularidade o impacte ambiental durante a fase de construção.

Caracterização ambiental:

  • Área classificada RAN    409 000m2
  • Área classificada REN    3 256 400m2
  • Comprimento das linhas de agua afetadas    20 000m
  • Superfície DPH afetado    661 000m2

Programas de monitorização:

Algumas das medidas aplicadas foram estabelecidas no Estudo de Impacte Ambiental (EIA), outras foram implementadas para responder aos requisitos legais durante a fase de construção. 

Programas e subprogramas de monitorização em Estudo de Impacto Ambiental (EIA):

  • Programa de monitorização da Qualidade Ecológica da água:
    • Caracterização Físico-Química.
    • Caracterização Hidromorfológica (Hidrologia e Morfologia).
    • Caracterização Biológica.
  • Programa de monitorização dos Sistemas Ecológicos:
    • Monitorização da fauna Terrestre: mamíferos, répteis e anfíbios.
    • Monitorização da Ictiofauna: planos de água, espécies dulceaquícolas, migratórios anádromos, Enguia-europeia, transposição Grela - troço superior de rio Vouga, adequação do fluxo ecológico.
  • Programa de Monitorização Socioeconómica:
    • Monitorização das expropriações.
    • Qualidade do ar.
    • Ruido.

Programas de monitorização para responder aos requisitos legais:

  • Descarga de águas residuais
  • Captação de águas subterrâneas.